Oxi-sanitização de ambientes, como ela funciona?

Oxi-sanitização de ambientes, como ela funciona?
23 jan 2017

Manter um ambiente limpo, seja ele de trabalho ou de trabalho, é fundamental para a manutenção da boa saúde. Neste sentido, muito mais do que apenas limpar e manter o ambiente organizado, é fundamental encontrar formas de acabar com bactérias e vírus. Usar produtos de limpeza é uma saída interessante, mas nem sempre a mais eficiente. Neste sentido, a oxi-sanitização de ambientes é uma saída fantástica!

 

Mas é importante entender de que forma ela funciona. Muito mais do que apenas usar o ozônio para a manutenção da limpeza dos ambientes, devemos entender de que forma ele age e como otimizar este processo!

 

O que é oxi-sanitização de ambientes?

 

Eliminar fungos, ácaros, bactérias e vírus, é fundamental para que seu ambiente seja limpo e saudável. Neste sentido, a oxi-sanitização de ambientes é uma saída interessante, para complementar a limpeza convencional.

Basicamente, a oxi-sanitização de ambientes é feita com a utilização de ozonizadores para eliminar bactérias, vírus, fungos e ácaros mais resistentes. Desta maneira, com a utilização adequada das quantidades de ozônio e aplicação pelo tempo correto, a oxi-sanitização de ambientes é uma forma limpa e segura de acabar com agentes poluentes que prejudicam nossa saúde.

 

Oxi-sanitização de ambientes

 

A oxi-sanitização de ambientes funciona?

 

Este é um ponto muito importante a ser destacado! A oxi-sanitização se baseia em um conceito muito simples e direto: a utilização do ozônio para acabar com elementos poluentes que prejudicam nossa saúde. Mas isso é de fato eficiente?

A oxi-sanitização de ambientes é um conceito que aparenta ser novo, mas já é pensado e desenvolvido há pelo menos 20 anos. Basicamente, o ozônio é um gás oxidativo e volátil. Isso o torna espetacular para a oxi-sanitização de ambientes!

Sendo volátil, ele não consegue manter por muito tempo a sua fórmula química. Desta forma, ele retorna a sua forma natural, o oxigênio.

Sendo oxidativo, ele extermina as bactérias, vírus e bactérias. Isso o torna muito eficiente no processo de oxi-sanitização.

Mas existe algum perigo na utilização da oxi-sanitização para ambientes?

Existem riscos da oxi-sanitização para ambientes?

 

O conceito de oxi-sanitização é pensado para ser uma solução, algo que traga melhores resultados para a eliminação de agentes poluentes. Mas será que existem riscos? Depende muito da utilização. Caso seja usada da forma correta, a oxi-sanitização de ambientes não ter risco algum para a saúde das pessoas que frequentam o local.

Alguns pontos são importantes neste sentido. O primeiro deles, é que dependendo da potência do aparelho ozonizador, deve-se manter o ambiente sem a presença de pessoas, durante o uso. Da mesma maneira, em locais que tenham ar condicionado, é importante mantê-lo em funcionamento durante o processo.

Seguindo estes pontos, não há qualquer risco da oxi-sanitização de ambientes para a saúde. O ozônio só será efetivamente maléfico, em concentrações bastante elevadas. Caso contrário, ele não traz problemas para a saúde em geral.

Como os ozonizadores domésticos, no geral, não tem uma capacidade de produção de ozônio tão grande, na grande maioria dos casos, eles nem conseguem produzir efeitos colaterais para a saúde!

 

Oxi-sanitização de ambientes

 

Como fazer a oxi-sanitização de ambientes

 

Para fazer a oxi-sanitização de ambientes, é importante usar o gerador de ozônio de forma correta. Existe produtos com funcionamento bem variado. No geral, os melhores do mercado possuem temporizador. Com isso, é possível controlar com eficiência o tempo de utilização da oxi-sanitização de ambientes.

Basicamente, você deve limpar o ambiente em questão, varrendo e retirando o pó dos móveis. Depois disso, caso haja ar-condicionado no local, mantê-lo ligado. Dependendo do tamanho do ambiente e da potência do gerador de ozônio, utiliza-se o aparelho ligado por 20 a 40 minutos.

Após este tempo, aguarda-se de 5 a 10 minutos para entrar novamente no ambiente. Pronto! O processo de oxi-sanitização de ambientes está pronto. Você pode fazer este processo nos momentos em que não há pessoas nos ambientes, por exemplo.

Indica-se fazer a oxi-sanitização de ambientes pelo menos uma vez por semana. Dependendo do ambiente e das pessoas que ali transitam, pode-se fazer a oxi-sanitização até diariamente.

Locais de grande circulação de pessoas, como hotéis, por exemplo, usam a oxi-sanitização de ambientes diariamente.

Isso por que, além de melhorar consideravelmente a qualidade do ar e eliminar bactérias, ainda remove os odores.

Cheiro de cigarro, por exemplo, é eliminado quase que totalmente em 20 minutos de oxi-sanitização, com a potência adequada.

Enfim, a oxi-sanitização de ambientes é uma saída muito interessante para melhorar a qualidade e limpeza dos ambientes de sua casa ou empresa! Conheça a linha da Oxi3!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*