Problemas nas articulações: como a ozonioterapia pode ajudar?

Você já se deparou com dores e com os problemas nas articulações? Ou já ouviu alguém dizer que está com dores nas juntas?

Juntas e articulações são nomes diferentes, mas que representam a mesma coisa e a mesma dor, assim como o termo dor articular.

Para entender melhor essa junção, vamos imaginar que para o corpo humano funcionar e ter uma estrutura que seja resistente a ponto de conseguir ficar de pé sem cair e que consiga fazer todos os movimentos possíveis, como por exemplo, dobrar e esticar o joelho é preciso que um conjunto de ossos estejam interligados, para que todas as partes do corpo se conectem e deem vida aos movimentos.

Esses ossos que fazem a ligação entre si, estão as articulações.

Nelas podem surgir problemas de variadas causas, como lesões, fraturas, traumas e também podem aparecer como consequência do tempo, pois, assim como em todas as outras partes do corpo, os ossos também vão se desgastando, além de perder a força e a resistência com o tempo.

A ozonioterapia no tratamento de acne é um exemplo de reações que o corpo manifesta quando algo não está em total equilíbrio, essa questão, assim como os problemas de articulações também podem ser amenizados com o gás de ozônio.

E para entender a razão dos problemas nas articulações serem conhecidas pela equipe da saúde é que além dos ossos, a articulação também é formada por cartilagem, ligamentos, membrana sinovial, bursas e também por tendões.

Então, uma vez que todos esses membros do corpo humano juntos são responsáveis por dar o movimento ao corpo e por estarem em constante movimento, existem grandes chances de que dores e que pequenas lesões aconteçam a qualquer momento, mesmo que a pessoa não tenha caído e se machucado, por exemplo.

E quando essas dores surgem apenas após os 45 anos de idade, elas podem ter tratamentos ainda mais longos e com resultados mais demorados do que seria em uma pessoa de 18 anos, por exemplo, pois depois de uma certa idade, as articulações têm a tendência ao desgaste.

As principais causas dos problemas nas articulações

Outra disfunção do corpo e que o gás de ozônio traz grandes benefícios para o tratamento é o uso da ozonioterapia para intestino irritável que assim como os problemas nas articulações apresentam incômodos constantes e que precisam ser monitorados junto aos costumes da rotina, por exemplo.

No caso dos problemas de articulações, as causas já são bem mais conhecidas e para além da normalidade das dores que acontecem em decorrência dos desgastes ou do mau jeito nas juntas, também existem as causas que são específicas e que têm relação direta com o surgimento dos problemas nas articulações.

Essas causas são em sua maioria ligadas aos ossos e as possíveis doenças e inflamações que podem atingir diretamente as articulações. Algumas dessas principais causas são:

Artrite reumatoide

Os sintomas mais comuns da artrite reumatoide são a rigidez, as dores e a inflamação.

Conectada ao sistema imune, a artrite reumatoide tem ligação direta com os problemas de articulações, pois é uma doença e inflamação que faz com que o próprio corpo produza anticorpos que atacam as articulações e impedem o seu perfeito funcionamento.

Osteoartrite

O surgimento do famoso bico de papagaio na coluna e o desgaste da cartilagem são algumas das principais razões que levam a osteoartrite a ser uma das maiores causas dos problemas nas articulações.

Geralmente é após os 45 anos que os desgastes causados pela osteoartrite começam a aparecer e se transformar em incômodos diários.

Lúpus

As causas do lúpus ainda são desconhecidas, mas os seus efeitos podem causar rigidez muscular, inchaço e também as dores nas articulações. As consequências dessa doença autoimune podem também atingir outras partes do corpo, como, por exemplo, os rins, o cérebro e a pele.

Artrose

A artrose costuma ser mais comum após os 50 anos e atinge principalmente os problemas de articulações das mãos, do joelho, do quadril e da coluna.

Ela acontece por uma sobrecarga e por uma degeneração da cartilagem que vai se desgastando ao longo do tempo.

Bursite

Bursite é o nome usado para representar uma inflamação na Bursa, ou seja, na bolsa que tem o papel de amortecer os atritos das articulações.

Caracterizada por movimentos excessivos das articulações, os pacientes que desenvolvem essa inflamação, também podem sofrer com a tendinite que também vem a ser uma das principais razões para os problemas nas articulações.

Gota

Basicamente, a gota pode ser entendida como um excesso de uma substância no organismo que o mesmo não consegue liberar ou neutralizar automaticamente.

Essa substância que pode existir de forma concentrada demais são os cristais de ácido úrico que se acumulam nas articulações.

Os cristais estão naturalmente presentes na composição de alguns alimentos e bebidas, mas que ao serem ingeridos e processados, são liberados de forma natural pelo sangue.

Porém, existem as pessoas que possuem um excesso de ácido úrico no sangue, o que dificulta a liberação dos cristais, causando assim o acúmulo e a cristalização nas articulações. O resultado dessa cristalização se resulta em inchaço, vermelhidão e aumento do volume das articulações no corpo.

Luxações

A luxação consiste em fortes dores que geralmente ocorrem a partir de um trauma causado por quedas e fraturas, onde a região afetada pode apresentar inflamação e também pode infeccionar.

Sensação de dormência e de formigamento podem indicar complicações na fratura e o não tratamento o mais rápido possível pode se rever em maiores dores nas articulações.

Tendinite

Além dos problemas nas articulações, a tendinite também pode causar inchaço, vermelhidão, dor nos tendões, fraqueza na área lesionada e câimbras.

Ela acontece pelo movimento ou pelo esforço que é feito de forma inadequada e repetidas várias vezes em excesso. E apesar de os efeitos da tendinite surgirem em qualquer lugar, os locais mais comuns para essa lesão são os cotovelos, os ombros, os joelhos e os punhos.

Além dessas causas, os problemas nas articulações também podem surgir de gripe, hepatite A, B ou C, sarampo, caxumba, rubéola e outras doenças.

Com tantas portas de entradas para as dores nas articulações é bem possível que você já tenha sofrido com problemas nas articulações ou talvez conheça alguém que vive diariamente com essa dor.

Ou, se você já teve ou conhece alguém com problemas cardiovasculares, por exemplo, saiba que o tratamento com a ozonioterapia pode ajudar muito no combate das dores e na volta de uma rotina com melhor qualidade de vida.

A ozonioterapia no tratamento das dores nas articulações

Ao decorrer deste conteúdo, foi possível ver algumas frentes em que a ozonioterapia pode atuar e trazer benefícios para a saúde além dos problemas nas articulações, pauta central de discussão.

Os problemas de sistema nervoso, por exemplo, são mais uma questão de saúde que também está na lista das doenças que o gás de ozônio pode tratar e essa lista não para de crescer a cada dia.

Essa pluralidade e o alcance do gás de ozônio aplicado a várias doenças se dá pela junção dos átomos de oxigênio presente no gás de ozônio, que criam durante o tratamento o alívio das dores, a cicatrização de feridas, a desinflamação de nervos e entre outras possibilidades de tratamento que se resultam em melhora do quadro clínico do paciente e principalmente no retorno da qualidade de vida.

No caso das articulações, a ozonioterapia também serve para aumentar o suprimento do oxigênio dos tecidos, além de ativar o metabolismo celular e fazer uma mediação das inflamações.

Geralmente, o tratamento é feito com a aplicação da injeção do gás de ozônio na articulação ou região inflamada e comprometida.

Os benefícios e resultados do tratamento não demoram a ser sentidos pelo paciente, mas esse retorno também pode depender da quantidade das aplicações e das sessões indicadas pelo profissional.

E a grande vantagem em se fazer o uso da ozonioterapia além do alívio das dores é saber que o uso do gás de ozônio não apresenta riscos para a saúde nem efeitos colaterais como alergias, por exemplo.

Por isso, seja para as doenças apresentadas aqui ou para os problemas nas articulações, considerar o uso da ozonioterapia se mostra ser um grande avanço no tratamento e na extinção da dor.

Você pode conhecer outras propriedades e indicações da ozonioterapia no combate de doenças acompanhando as atualizações do nosso Blog Oxi3!

Ambas indicações mostram alternativas de tratamento para os problemas de articulações e para outras doenças que possam impedir pacientes a terem uma melhor qualidade de vida na rotina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Precisa de Ajuda ?